InícioPOLÍCIAEngenheiro da Seinfra preso por tráfico em carro de luxo no AC...

Engenheiro da Seinfra preso por tráfico em carro de luxo no AC alega que achou droga em estrada e iria entregar à polícia

O engenheiro eletricista Jefferson Pessoa de Almeida, que foi preso com 20,8kg de maconha escondidos no porta-malas de um veículo de luxo no último domingo (16) no km 98 da BR-317, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva. A decisão foi do juiz Afonso Braña Muniz, da Vara Criminal da Comarca de Senador Guiomard.

Ele trabalhava como engenheiro eletricista titular da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), desde maio de 2021, e, após a prisão, foi exonerado pelo governador Gladson Cameli, na última segunda (17).

Ao g1, o governo do Acre informou que tomou conhecimento da prisão em flagrante e, diante dos fatos, determinou a exoneração de Jefferson Pessoa Cavalcante Júnior de Almeida do cargo em comissão.

Droga foi apreendida em estrada na BR-317, km 98 — Foto: Nucom/PRF-AC

Droga foi apreendida em estrada na BR-317, km 98 — Foto: Nucom/PRF-AC

A advogada de Almeida, Angélica Feitoza afirmou que a defesa entrou com pedido para ele responder o processo em liberdade e também formula um pedido de habeas corpus. Ela se limitou a dizer que seu cliente é inocente.

Conforme o processo, o engenheiro alega que estava em Brasileia visitando parentes e que na volta para Rio Branco avistou um carro na estrada que jogou uma caixa de televisão no acostamento da BR-317 e ele decidiu parar para ver o que tinha dentro porque achou a “atitude suspeita”.

Engenheiro foi preso no último domingo (16) com 20,8kg de maconha escondidos no porta-malas de um veículo de luxo — Foto: Reprodução

Engenheiro foi preso no último domingo (16) com 20,8kg de maconha escondidos no porta-malas de um veículo de luxo — Foto: Reprodução

Ao verificar a caixa, ele encontrou a quantidade de droga e resolveu levar o entorpecente para a Delegacia de Narcóticos da Polícia Civil do Acre (Denarc), em Rio Branco. Almeida disse ainda que dirigia o mais rápido possível em direção à delegacia para entregar a droga e que não visualizou nenhuma barreira da polícia e não desobedeceu ordem de parada.

Mas, segundo a Polícia Rodoviária Federal, uma equipe estava em patrulhamento de rotina quando viu o carro em alta velocidade e iniciou uma perseguição para fazer a abordagem. Mas, devido à velocidade alta e muita chuva, acabou perdendo o veículo de vista e solicitou apoio do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTrans).

Quando a equipe do BPTrans fez a abordagem ao motorista, encontrou 20 pacotes de maconha, pesando 20,8 kg, escondidos dentro de uma caixa de televisão no porta-malas do carro. Além disso, a polícia achou um comprovante de compra de mais de R$ 15,5 mil e outros objetos.

por g1-AC

+ LIDAS

Proclamação da República.

+