domingo, fevereiro 5, 2023

Adolescente de 15 anos com Covid morre em UPA de Rio Branco após parada cardíaca e Saúde investiga causa

Um adolescente de 15 anos com diagnóstico de Covid-19 morreu nessa quarta-feira (30) após sofrer paradas cardíacas, na Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do Segundo Distrito, em Rio Branco.

Conforme a Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), o menino deu entrada na unidade às 22h04 de terça-feira (29) e morreu às 10h do dia seguinte. Ele tinha comorbidades como hidrocefalia e cardiopatia congênita. A Saúde não soube informar se ele era vacinado contra a Covid-19.

Em nota, a Sesacre informou que os pais do adolescente relataram que há, pelo menos três dias, ele vinha se queixando de dor abdominal, vômitos, dores de cabeça e febre.

“O menor ficou internado na ala de emergência da unidade, recebendo assistência e tendo seu caso avaliado por três médicos. Foi realizada a ministração de medicações e exames que detectaram a infecção por coronavírus, vindo a falecer mediante paradas cardíacas”, disse a Sesacre em nota.

Amostras foram coletadas para a realização de exames que devem revelar a causa da morte do menino. Além disso, a Saúde investiga qual tipo de coronavírus ou variante estava presente no organismo do menino.

Aumento de casos de Covid-19

 

O governo do Acre publicou, no dia 14 de outubro, um decreto que revogou a criação Pacto Acre Sem Covid, que determinava as regras e funcionamento do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 e, com isso, os boletins de casos novos da doença passaram a ser semanais. Porém, desde o dia 17 de novembro, isso mudou e, com o aumento dos casos, os informativos voltaram a ser diários.

Em novembro, o Acre registrou 4.219 casos novos de Covid-19. Esse número é mais de 127 vezes maior que no mês de outubro, quando foram registrados 33 casos.

Após aumento de casos de Covid no Acre, a Saúde voltou a recomendar uso de máscaras em locais fechados ou de aglomeração. A orientação foi divulgada no último dia 21, durante entrevista coletiva com representantes da pasta.

Os meses mais letais no Acre desde o início da pandemia foram março e abriu de 2021, quando foram registradas 254 e 267 mortes pela doença. Já este ano, o mês com maior número de mortes foi fevereiro, quando 100 pessoas foram vítimas da Covid. Foi também em fevereiro deste ano que tivemos o maior registros de casos novos da doença, chegando a 19.323 casos novos – o maior registro desde o início da pandemia.

POR G1-AC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
- Advertisment -
- Advertisment -
- Advertisment -