domingo, fevereiro 5, 2023

Indígena de 33 anos é assassinado a tiros na frente da mulher em Rio Branco

O indígena Said Pereira Jaminawa, de 33 anos, foi assassinado a tiros dentro de casa na madrugada desta terça-feira (24), no conjunto habitacional Cidade do Povo, no Segundo Distrito de Rio Branco.

Conforme o Centro de Operações Policiais Militares (Copom), a vítima estava entrando em casa quando foi acompanhada por dois homens, que invadiram o local e deram vários tiros em sua direção. O crime foi presenciado pela esposa de Jaminawa, que afirmou à polícia que não reconheceu os autores.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas, ao chegar no local, a vítima já estava sem vida. O local foi isolado para o trabalho da perícia técnica e, em seguida, o corpo do indígena foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) para os devidos procedimentos.

Policiais Militares ainda fizeram buscas na região, mas nenhum suspeito foi preso até a manhã desta terça. O g1 entrou em contato com o delegado Lucas Pereira, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para saber se a Polícia Civil já tem informações sobre qual a motivação do crime, mas aguarda resposta até última atualização desta reportagem.

POR G1-AC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -
- Advertisment -
- Advertisment -
- Advertisment -