Campanha de vacinação contra paralisia infantil começa amanhã no Acre

0
32

Estado se mobiliza para proteger crianças menores de cinco anos e ampliar a cobertura vacinal contra a paralisia infantil

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), inicia nesta segunda-feira (27) uma importante campanha de vacinação contra a poliomielite/paralisia infantil. O objetivo é alcançar todas as crianças menores de cinco anos, aumentando a cobertura vacinal e fortalecendo a proteção contra essa doença. As aplicações serão feitas de acordo com a avaliação do cartão de vacinação.

Para a imunização, os pais devem levar seus filhos a uma unidade básica de saúde (UBS) com a caderneta de vacinação.O esquema vacinal abrange crianças menores de um ano, que devem receber três doses injetáveis aos 2, 4 e 6 meses de idade. Já as crianças de 1 a 4 anos que já completaram esse esquema devem receber a dose oral da vacina, conhecida como gotinha.

A poliomielite, também conhecida como paralisia infantil, é uma doença grave causada pelo poliovírus, podendo resultar em paralisia muscular irreversível, principalmente nos membros inferiores. A vacinação é fundamental para prevenir a doença e reduzir o risco de reintrodução do vírus no Brasil, que está livre da poliomielite desde 1994.

Renata Quiles, coordenadora estadual do Programa Nacional de Imunização (PNI), destaca a importância da participação dos pais nessa campanha crucial.  “Esta campanha vem em um momento especial para a transição da gotinha, sendo a última campanha de gotinha prevista no calendário a partir de 2024. Estamos otimistas que será uma campanha bem bonita, garantindo a imunização das nossas crianças contra essa doença tão perigosa, que é a poliomielite. Nossas coberturas vacinais têm melhorado discretamente após a pandemia, mas ainda estamos abaixo dos parâmetros ideais de proteção”.

Renata Quiles, coordenadora estadual do Programa Nacional de Imunização, fala da importância dos pais levarem as crianças para se vacinar. Foto: Luan Martins/Sesacre

Em 2023, no Acre, 85,5% das crianças menores de um ano foram vacinadas contra a poliomielite, refletindo a importância das campanhas de vacinação para manter a população protegida contra doenças evitáveis.

A campanha é uma oportunidade para reforçar a conscientização sobre a importância da imunização e garantir que todas as crianças tenham acesso à vacinação contra a poliomielite, contribuindo para a saúde e o bem-estar da população acreana.

As crianças de 1 a 4 anos que já completaram esse esquema devem receber a dose oral da vacina, conhecida como gotinha. Foto: Luan Martins/Sesacre

Sintomas da Poliomielite

A maioria das pessoas infectadas pelo poliovírus não apresenta sintomas ou manifesta sintomas leves, semelhantes aos de outras doenças virais, tais como:

  • Febre;
  • Mal-estar;
  • Dor de cabeça;
  • Dor de garganta e no corpo;
  • Sintomas gastrointestinais (náuseas e vômitos);
  • Constipação (prisão de ventre);
  • Espasmos;
  • Rigidez na nuca;
  • Meningite.

Por: Contil Net