Profissionais da saúde e das forças de segurança participam de simulação de acidente

0
28

Quem passava pelo estádio Arena do Juruá, em Cruzeiro do Sul, neste domingo, 26, se assustou com a quantidade de viaturas do Corpo de Bombeiros, das forças de segurança do Acre, das forças armadas e de saúde no local. As ambulâncias, fumaça, gritos, correria, tudo levava a crer que uma grande tragédia estava acontecendo, mas foii a execução da parte prática do curso de Resposta a incidentes com múltiplas vítimas -IMV. A simulação de um grande acidente que envolveu 250 pessoas.

A Secretaria de Estado de Saúde ofereceu toda a estrutura de pessoas, equipamentos e de ensino do curso,que teve início na sexta-feira, 24, com a parte teórica aplicada nas instalações da faculdade particular de medicina. Neste domingo, foi realizada o simulado de resposta a incidentes com múltiplas vítimas.

Participam do curso equipes do Samu de Cruzeiro do Sul e de Rio Branco, Corpo de Bombeiros, do Exército, Marinha e Aeronáutica,
Polícia Militar,Polícia Civil, Polícia Federal, Detran, Defesa Civil,Upa, profissionais da Maternidade, Hospital do Juruá e Upa, além das Unidades Mista de Saúde de Porto Walter, Rodrigues Alves, Mancio Lima, Xapuri, Feijó e Marechal Thaumaturgo.

O Enfermeiro Giliard Santos, Gerente de Enfermagem do Samu de Cruzeiro do Sul e um dos organizadores do evento, explica que os ministrantes dos cursos foram médicos, enfermeiros e profissionais da área de segurança. Destaca depois do curso todos estão qualificados para agir de forma integrada, o que fortalece o trabalho e resulta numa assistência de qualidade.

” O simulado de Resposta a Incidentes com múltiplas vítimas foi uma iniciativa do secretário estadual de saúde, Pedro Pascoal, juntamente com o Samu do Acre. O evento é de suma importância para a região do Juruá, o momento de unir forças com as as demais agências de saúde e segurança da região. O evento de 3 dias serviu pra firmar a integração entre as forças de saúde e segurança. Temos como exemplo recente a situação do Rio Grande do Su, onde foi necessário unir forças. O importante é estarmos preparados para um possível incidente desse nível e a integração entre as forças”, pontua.

O Enfermeiro Jose italo Menezes de Almeida, diz que se sente mais capacitado para salvar vidas em casos como os vivenciados na simulação.” Foi um curso muito importante onde através da união das forças de segurança e equipes de saúde podemos agir de forma acertiva em incidentes de múltiplas vítimas.Onde cada profissional pode aprimorar e vivenciar a ação na ocorrência ilustrativa no dia de hoje . Agora somos capacitados para agir corretamente ,esperamos que não precise, mas se precisar estamos unidos para salvar vidas. Agradeço ao secretário estadual de saúde e a equipe Samu de Rio Branco e Cruzeiro do Sul por trazer esse curso para nossa cidade”, ressaltou.

A técnica em enfermagem da Unidade Mista de Saúde de Porto Walter, Utiele Silva, diz que leva importante conhecimento para aplicar, em caso de nesses, no município onde atua. ” Aprendemos o método mais utilizado no local do acidente com múltiplas vítimas que é denominado Método START (Simple Triage And Rapid Treatment). O método determina rapidamente a gravidade das lesões, integra procedimentos básicos de tratamento e estabilização utilizando cores verde, amarelo, vermelho e preto. A integração de equipes que é muito importante para esse tipo de incidente como corpo de bombeiros, samu, polícia Militar, exército e entre outras instituições. Os profissionais de enfermagem são os principais responsáveis por classificar as vítimas, por isso é necessário ter conhecimento e treinamento especializado para aplicar esse método. A formação em um curso para Incidentes de Múltiplas Vítimas é essencial no preparo dos profissionais para o enfrentamento de situações de múltiplas vítimas e evitar o aumento do número de vítimas fatais envolvidas”, relatou ela

Veja o vídeo:

Por:  AC 24 Horas