Acre terá voos internacionais para o Peru ainda este ano, anuncia presidente Gonzaga

0
18

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Luiz Gonzaga (PSDB), participou nesta terça-feira (4), de uma importante reunião para tratar de voos internacionais no Acre vindos do Peru e Bolívia.

Gonzaga se reuniu com o peruano Alejandro Salinas, diretor comercial do grupo Perbra Holding, empresa especializada em comércio bilateral entre o Peru e o Brasil, e o empresário do ramo de aeronaves, Erick Fernandes, para tratar dos detalhes da parceria que vai resultar em voos internacionais vindos do país vizinho com destino ao Acre e Rondônia.

O presidente da Aleac destacou a importância de voos entre Acre e Peru para a economia acreana. O parlamentar afirmou que a iniciativa vai gerar ainda mais emprego e renda ao povo acreano.

“É uma conquista muito importante para o nosso estado. É uma parceria entre a Aleac, governo do Estado, FIEAC e empresários peruanos que estamos trabalhando para fomentar o comércio bilateral entre o Acre e Peru. O importante é não perdermos as oportunidades e focarmos em resultados para o povo acreano”, disse o deputado.

Gonzaga disse ainda que estará em Brasília na próxima semana para se reunir com o ministro dos Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, para tratar da redução do custos desses voos internacionais para o Acre.

“Estarei indo a Brasília em uma agenda com o senador Alan Rick e o ministro Silvio Costa para tratar da redução desses custos para os voos no Acre para que a população tenha condições de viajar”, disse o parlamentar.

O diretor Alejandro Salinas agradeceu ao presidente Luiz Gonzaga pela parceria e afirmou que a partir do segundo semestre deste ano já será disponibilizada a primeira rota de viagens entre o Acre, Peru e Bolívia.

“Quero agradecer o presidente Gonzaga pela parceria e por estar fomentando esse trabalho. Ele é importante para conseguirmos preços de passagens acessíveis para a população. A ideia é que a partir do segundo semestre já tenhamos a primeira rota que sairá de Pucallpa com destino a Cruzeiro do Sul, Rio Branco e Porto Velho. Depois vamos inaugurar a segunda rota que sairá de Rio Branco pousando em Cobija, Puerto Maldonado e Cusco. Os acreanos poderão viajar para países da América do Sul sem precisar passar por Brasília e São Paulo”, disse Salinas.

Além da capacidade para 20 passageiros, os voos da empresa Fênix também poderão transportar uma tonelada em cargas.

“A gente vai poder trazer frutas e produtos perecíveis com um preço muito acessível para o mercado de Cruzeiro do Sul e Rio Branco. Assim também como os comerciantes acreanos poderão vender para outros países”, concluiu o diretor.

Por: Assessoria